viver à deriva e sentir que tudo está bem...

A vida é uma colcha de retalhos. Todos da mesma cor...

GCosta

Resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas...

filmes sobre identidade de gêneros e orientação sexual

11 filmes para docentes e equipes escolares refletirem sobre identidade de gêneros e orientação sexual.Pensando nos desafios que docentes podem encontrar em sala de aula, e como fazer uma primeira aproximação aos temas relacionados à sexualidade, identidade de gêneros e orientação sexual, o Centro de Referências em Educação Integral selecionou filmes para serem vistos por docentes e equipes escolares.


10259412_138862706284353_4309823202681489119_n.jpg

No início, falava-se em GLS. Depois, retirou-se o “s”, de simpatizante, termo que, na realidade, poderia servir como um terreno confortável para os que não tinham coragem de assumir-se como gay ou lésbica. O “b”, de bissexual, e o “t”, de travesti, logo apareceram e a sigla passou a ser LGBT. Letras que, mais que simples iniciais, visibilizam o que a sociedade quer empurrar para dentro do armário. Ao longo do tempo, novos grupos passaram a se reivindicar e novas letras apareceram. A sigla ganhou outro “t”, de transgênero, um “i” de intersex e um “q” de queer: LGBTTIQ. Uma sigla tão grande e diversa quanto às identidades e orientações que busca representar.

Estamos vivenciando o inicio do Século XXI, caminhando para o IIIº Milênio, inevitavelmente passaremos pelas mais diversas transformações, sociais, politicas culturais e ambientais que na verdade já estão ocorrendo de forma imperceptível.

A indagação moderna já existe e esta presente nas mais diversas formas , entre elas à sexualidade, identidade de gêneros e orientação sexual , que vai desenhando o fio da navalha no comportamento social e nas relações humanas onde o preconceito é seu instrumento.

1. XXY (Lucía Puezo, 2006)

2. Tomboy (Céline, Sciamma, 2012)

3. De gravata e unha vermelha (Miriam Chnaiderman, 2015)

4. Laurence Anyways (Xavier Dolan, 2012)

5. Transamerica (Duncan Tucker, 2005)

6. Vestido nuevo (Sergi Pérez, 2008)

7. “Tle Light”, HolySiz (Benoît Pétré, 2014)

8. Contra a corrente (Javier Fuentes-Leon, 2009)

9. Hoje eu quero voltar sozinho (Daniel Ribeiro, 2014)

10. Meninos não choram (Kimberley Pierce, 1999) 11. C.R.A.Z.Y. – Loucos de amor (Jean-Marc Valleé, 2005)

Promenino

crédito Promenino Fundação Telefônica


GCosta

Resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas... .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @obvious, @obvioushp //GCosta