viver à deriva e sentir que tudo está bem...

A vida é uma colcha de retalhos. Todos da mesma cor...

GCosta

Resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas...

EU BEBO LAGRIMAS PELAS CRIANÇAS DO FUTURO NA TERRA DE NINQUÉM

Crianças, que do latim, creantia, significa ser humano de pouca idade, menino, menina: Pessoa ingênua, infantil, Não desconfia de nada, é uma criança. Interessante ao ler isto comecei a me perguntar mais ainda, o que me levou de novo a folhear e procurar a palavra, futuro. Ao me referendar que futuro é que nos leva no tempo que há de vir, como yin / yang seria a sorte futura; destino: um belo futuro. Substancia futura como que possibilitara quem cuide de seu futuro. Fico surpreso com tanta beleza e pureza na interpretação da palavra .Ao imaginar que a palavra futuro pode reservar para essas crianças eu realmente beberei lagrimas.


1.jpg

Ao caminharmos por alguma avenida, esquina e rua de uma grande cidade em algum lugar neste país encontrarão CRIANÇAS DO FUTURO NA TERRA DE NINGUÉM...

Muitas pessoas observam que nas avenidas, esquinas e ruas das cidades brasileiras, vivem crianças e adolescentes que aos nossos olhos passarão sempre esquecidas e despercebidas pelo nosso imaginário que nos enviara para nossos pensamentos o quanto que estaremos sós, na movimentação das luzes das chamadas sinaleiras, semáforo e farol, qualquer que seja o nome de algum lugar urbano, onde tudo não passara de mera velocidade daquele tempo determinado para não nos darmos conta do que acontece ao nosso redor.

cr8.jpeg

Crianças e adolescentes moram nas ruas,esquinas e avenidas, e surgem ao cair da tarde como se fossem baratas do conto de Kafka, Metamorfose que descreve um caixeiro viajante que abandona suas vontades e desejos para sustentar a família e pagar a dívida dos pais, seu nome é Gregor Samsa. Numa certa manhã, Gregor acorda metamorfoseado em um inseto monstruoso. Kafka descreve este inseto como algo parecido com uma barata gigante. Nos primeiros momentos o livro descreve as dificuldades iniciais de Gregor na nova forma.

A ironia presente neste trecho do livro é que Gregor não se preocupa com sua transformação, mas sim como está atrasado para o trabalho. E vai se espreitando e esperando pelas ruas em busca de alguma coisa para fazer parte da sua energia da sobrevivência. Assim são essas crianças e adolescentes abandonadas, que se transformam em Gregor Samsa. Na história, Kafka mostra três períodos da relação da família perante Gregor. No primeiro ela sente medo, num segundo a aceita, mas o esconde do mundo, já no terceiro o odeia o vê como um peso desnecessário e quer se livrar dele. Assim a nossa sociedade observa crianças e adolescentes abandonados como nos três períodos de Gregor Samsa. Crianças e adolescentes não se preocupam com sua transformação,nem estar atrasado não para o trabalho,... mas com sua preocupação pela sobrevivência.

Imagen Thumbnail para cr5.jpg

O medo tem lugar certo na procura para sobreviver, elas servem como objetos do afastamento das pessoas limpas, cheirosas e civilizadas, não me excluem desse papel de ser uma pessoa que sente receio, fazendo parte dos possíveis a serem agredidos, mas protegido dentro de uma classe média em franca sobrevivência. Transformo-me em observador urbano, como Walter Benjamin, deixando sentir o pensamento até ficar inerte e pensativo de como determinadas situações emergem em nosso cotidiano, - procuro respostas que na verdade são mais perguntas - que eu não saberia para onde me dirigir, afinal neste momento aparece alguma culpa da duvida, com relação a esses meninos e meninas, guris ou gurias.

Afinal são crianças e adolescentes?

Imagen Thumbnail para 4.jpg

Diante dos dados, da FASC (Fundação de Assistência Social e Cidadania) que apresenta mais informações das crianças e adolescentes que estão nas ruas da Capital é que na maioria não têm vinculo familiar isto significa que , estes meninos e meninas estão às exposições da violência e das drogas, poucas chances de ter alguma chance como na musica do grupo DA GUEDES.... EU BEBO LAGRIMAS.

Imagen Thumbnail para 3.jpg

A vida, na rua vai colocando as crianças em uma situação de perda de vínculos com suas famílias. Um processo de autodestruição, de morte, de violências. Com certeza, esse percentual de 50% de mortes se deve á questão da droga. No trafico, no uso ou nas doenças em consequências delas. Em geral, essas crianças têm historia de abrigarem. Elas saem e voltam dessas instituições. E necessário ver a historia pessoal de cada uma, quantas vezes esteve no abrigo, por que não continuou. Mas o abrigo não é solução para tudo. Quando uma criança tem seus direitos violados é responsabilidade de um contexto geral, da sociedade, da comunidade e do Estado.

cr7.jpg

O Estado tem a sua responsabilidade, mas a sociedade também tem a sua. Não existem garantias. As crianças que estão na rua correm todos os riscos. E são riscos cada vez mais potencializados. A questão das drogas, como crack, é uma realidade. Nos últimos 10 anos não era assim. Elas estão expostas a isso. Calcula-se que 2% da população brasileira e dependente do crack.

cr9.jpg

cr11.jpg

cr10.jpg

A falta de afeto significa que crianças e adolescentes muitas vezes privadas ou negligenciadas tem desenvolvimento cerebral mais lento, o que exige muita intervenção mais tarde. O afeto começa na família, mas ela sozinha e não poderá garantir uma socialização pacifica. É preciso e necessário políticas publicas que assegurem o desenvolvimento da criança, em prol da criança, e que as famílias tenham emprego e condições sociais mínimas para viver e manter-se com qualidade de vida.

Diminuir o analfabetismo, combater o desemprego, realizar saneamento básico ,qualificar a rede de saúde e melhorar a distribuição de renda estes são os desafios que devem ser encarados de forma realista,para as famílias se dedicarem mais tempo à criança e aos seus adolescente. Nada funciona sem um esforço conjunto. O desafio é envolver toda a sociedade, para que todos se atentem para as crianças e adolescentes para um melhor desenvolvimento e crescimento. Necessário que crianças e adolescentes tenham acesso à educação em turno integral. Um desafio para o Brasil e os demais países com os mesmos problemas.

cr17.jpg

O caminho da paz reduz a violência.

cr18.jpg

HISTORIAS MUSICAIS“A cidade e os elementos para uma história musical” programa na Radio AM 1080 da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

CRIANÇAS DO FUTURO NA TERRA DE NINQUÉM

Publicado em 15 de mar de 2012 Título: contemplação (contemplation). (video digital, 09'20". Música de Ulises Ferretti) um vídeo de claudia paim Sinopse: jovem morador de rua no sul do Brasil. Este vídeo foi exibido em um monitor de TV colocado no jardim . Projeto Vídeo na Rua.

Estatuto da Criança e do Adolescente

L8069


GCosta

Resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas... .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// //GCosta