viver à deriva e sentir que tudo está bem...

A vida é uma colcha de retalhos. Todos da mesma cor...

Geraldo

Resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas...

BLUES NO BRASIL

Fragmentos do Blues no Brasil é sobre bandas e guitarristas que fizeram e fazem parte da historia do Blues.

guitarcn__2636.jpg

O blues ganhou espaço no Brasil, com importantes festivais como o Mississipi Delta Blues Festival em Caxias do Sul no Rio Grande do Sul, Festival Jazz & Blues de Guaramiranga no Ceará, Rio das Ostras Jazz & Blues Festival no balneário Rio das Ostras no Rio de Janeiro, Ibitipoca Blues Festival na cidade de Lima Duarte em Minas Gerais, MS Blues Festival em Campo Grande no Mato Grosso do Sul e o Festival de Blues Internacional de Ribeirão Preto em São Paulo. O show de B. B. King, em 1979, no Festival de Montreux, em São Paulo, foi o marco zero. Há quem diga que as sucessivas apresentações de Buddy Guy e Junior Wells, no 150 Night Club, bar do hotel Maksoud Plaza, em 1985, foi o evento que abriu os olhos dos brasileiros para o blues. Há ainda o advento do Festival Internacional de Blues de Ribeirão Preto, realizado em 1989, no Parque Cava do Bosque. O evento contou com as participações de Buddy Guy, Junior Wells, Albert Collins, Etta James, Magic Slim, André Christovam e Blues Etílicos.

guitar_shop_1.jpg

O disco mais conhecido é o Som na Guitarra, lançado em 1984, pelo guitarrista e cantor carioca Celso Blues Boy o verdadeiro patrono no blues seu nome era sinônimo de blues no Brasil . Vinha com os sucessos “Aumenta que isso aí é rock and roll” e “Blues motel”. Ele foi o primeiro artista brasileiro a adotar a palavra blues no nome. O apelido foi dado por Luiz Carlos Pereira de Sá, da dupla Sá e Guarabira. A alcunha “Blues Boy” é uma homenagem a Blues Boy King, ou B.B. King. Outro disco conhecido é da banda paulistana chamada Ave de Veludo, também de 1984.

Celso Blues Boy - Marginal Blues - Capa.jpg

Em 1984 era lançado um dos primeiros discos de Blues em Português do Brasil, “Elétrico Blues” pela banda paulista Ave de Veludo, formada na década de 70. A Banda tinha em sua formação Índio (voz), Ney Prado (guitarra), Paulinho Prado (baixo) e Sérgio Tenório (bateria). som não é o Blues tradicional, parece mais com a tentativa de realizar algo próximo dos primeiros trabalhos de blues das bandas Inglesas da década de 60. Realmente o blues no Brasil teve seu início bem tardio, mas como dizem, antes tarde do que mais tarde. O disco Elétrico Blues, foi lançado no formato de LP pelo selo Baratos Afins, e foi relançado em CD tempos mais tarde. Estive presente em julho de 1981 no show Elétrico Blues. Nesta curta temporada realizada no extinto Teatro das Nações, localizado na Av. São João em São Paulo. Talvez o mérito da banda Ave de Veludo era usar a palavra “blues”. Mas hoje a banda é referencia na tentativa do blues, como registro.

AVE DE VELUDO

Ave_de_Veludo_Blues_Capa.JPG

lp-eletrico-blues-ave-de-veludo-vinil-raro-735801-MLB20415756006_092015-F.jpg

ANDRÉ CHRISTOVAM , guitarrista, compositor e cantor brasileiro. André Christovam. Nascido em São Paulo, André estudou música no renomado Guitar Institute of Los Angeles (GIT) nos anos 1980, tornando-se o primeiro brasileiro a formar-se nesta escola. No final dos anos 1980, André decide gravar seu primeiro trabalho solo com o álbum Mandinga, em 1989, um álbum marcante a discografia do blues nacional, principalmente pelo ineditismo de trazer um disco de blues com todas as músicas em português. Na década de 1990, o guitarrista participou como sideman da turnê do gaitista Sugar Blue, e da gravação do show do bluesman Taj Mahal para a serie Heineken Concerts. E gravou um CD em Chicago, The 2120 Sessions com o vocalista Big Voice Odom e membros da banda de Junior Well.

andre cristovam.jpg

.

NUNO MINDELIS nasceu em Cabinda, 7 de Agosto de 1957 músico luso-brasileiro nascido em Angola. É um dos mais conceituados guitarristas de blues do Brasil. Apaixonou-se pela música desde criança por volta dos cinco anos. Aos nove anos já tocava em instrumentos confeccionados por ele. Durante sua infância ouviu grandes nomes do Blues. Em 1975, morando no Canadá, formou uma banda de blues, passando a tocar em Jam e clubes locais. Um ano depois decidiu unir-se à família, vindo também morar no Brasil.m 1994, veio o reconhecimento internacional pela revista "Guitar Player" americana. Em 1998 a consagração definitiva: Nuno é eleito o melhor guitarrista de blues segundo o concurso mundial de aniversário de 30 anos da revista.

Nuno Mindelis.jpg

CELSO BLUES BOY (nascido Celso Ricardo Furtado de Carvalho, Rio de Janeiro, 5 de janeiro de 1956 - Joinville, 6 de agosto de 2012) foi um cantor, compositor e guitarrista brasileiro. O pai do blues brasileiro. Montou a banda Legião Estrangeira em 1976, com a qual se apresentava em bares e casas de show. Passou a ser mais conhecido a partir de 1980, quando mandou uma fita para a Rádio Fluminense, no Rio, voltada para o repertório roqueiro. Gravou o primeiro disco em 1984, "Som na Guitarra", que incluía seu maior sucesso: "Aumenta que Isso Aí É Rock'n Roll". Um dos primeiros a cantar blues em português, escolheu o nome artístico em homenagem ao ídolo B. B. King, um dos pais do gênero, com quem também tocou na década de 1980.

size_810_16_9_Guitarrista_Celso_Blues_Boy.jpg

FERNANDO NICKHORN NORONHA , guitarrista e compositor brasileiro de blues, mais conhecido por seu trabalho à frente da banda Fernando Noronha & Black Soul. Fernando toca profissionalmente desde 1995 e, durante sua carreira, teve a oportunidade de tocar, abrir shows e/ou gravar com muitos artistas, como BB King, Buddy Guy, Ron Levy, Jeff Healey, Phil Guy, Coco Montoya, Holland K Smith, Chuck Berry, entre outros. Incorpora o estilo texano não só na maneira de tocar como também nas roupas que veste em suas apresentações.

fernando noronha.jpg

IGOR PRADO canhoto aprendeu virando uma guitarra de destro de cabeça para baixo, Igor é um canhoto que toca com as cordas invertidas do instrumento. Aprofundou-se na linguagem do Blues tradicional e West Coast Swing, estilo que mistura o blues com elementos do Swing, famoso movimento de jazz dançante dos anos quarenta. A Igor Prado Band é formada por seu irmão Yuri Prado na bateria, Rodrigo Mantovani no contrabaixo elétrico e acústico e Denílson Martins no Saxofone Barítono.

Igor Prado Blues Band - Foto - Jorge Ronald (5).jpg

CRACKER BLUES  foi formada no ano 2000, fortemente influenciada pelo Blues Texano, Southern Rock e Country, além do blues acústico do Delta do Mississipi. No início, executava repertório composto por músicas de Robert Johnson, ZZ Top, Allman Brothers, Jimi Hendrix, Stevie Ray Vaughan, Sonny Boy Willianson II, Eric Sardinas,entre outros, e posteriormente passou a incluir composições próprias em português.mesclando Blues, Rock e Country, todas com letras em português Cracker Blues. 

crackerblues_home-slide-1.jpg

BLUES ETÍLICOS  criado no Rio de Janeiro em 1985, pelo gaitista Flávio Guimarães, o baixista Cláudio Bedran e o guitarrista Otávio Rocha e, poucos meses depois de sua estreia, incorporou o cantor e guitarrista Greg Wilson e o baterista Gil Eduardo. Em 1987, a banda grava seu primeiro LP, pelo selo independente Satisfaction Discos. Logo em seguida são contratados pela Gravadora Eldorado, lançando Água Mineral em 89, San Ho Zay em 1990 e IV em 91. San Ho Zay atinge a marca de 35.000 cópias vendidas , sendo o álbum mais vendido de uma banda de blues brasileira em todos os tempos.Acompanhei as gravações do primeiro disco do Blues Etílicos, convidado pelos produtores da Satisfacion Discos   Bruno e Renato, donos da Loja Satisfacion em Ipanema,no Rio de Janeiro a loja era ponto de referencia  sobre blues. 

Blues-Etílicos-Experimento42.jpg

BASEADO EM BLUES banda de blues, formado em 1992 pelo gaitista Jefferson Gonçalves, pelo vocalista André Casquilho, e pelos músicos Sérgio Rocha, Pedro Augusto, Fabio Mesquita e Marco BZ.No início de sua trajetória, tocou em casas noturnas cariocas e no Circo Voador.

cd-baseado-em-blues-madrugada-blues-novo-14545-MLB4181453101_042013-F.jpg

FACÇÃO CAIPIRA junta o blues, country e rock com um pouco de regionalismo.A Facção nasceu em 2009, em Niterói, composto por Jan Santoro (Voz/Resonator), Daniel Leon (Gaita), Vinicius Câmara (Baixo) e Renan Carriço (Bateria) A Facção Caipira se destaca em  fazer o blues parecer menos complexo e o country mais acessível, com fortes  influências do Dr. Feelgood.

ff.jpg

BANDO DO VELHO JACK banda  brasileira formada em 1995 na cidade de Campo Grande no Mato Grosso do Sul.Banda surgiu da união de integrantes da Blues Band, uma banda de blues, com integrantes da Alta Tensão, banda de heavy metal, tendo em sua formação original: João Bosco (baterista), Marcos Yallouz (baixista), Alex Batata (vocalista e gaitista) e Fábio Brum (guitarrista).

velho jack.jpg

.

BÊBADOS HABILIDOSOS  banda de blues brasileira formada na cidade de Campo Grande no Mato Grosso do Sul. Formada por ex-membros da extinta "Blues Band"  considerada a primeira banda de blues do estado a banda "Bêbados Habilidosos" tem como ponto comum a paixão pelo ritmo nascido às margens do Mississípi nos Estados Unidos: 

768.jpg

ELE É O BLUES

Documentário sobre a história do cantor e compositor Renato Fernandes, vocalista da banda Bêbados Habilidosos. Produzido e dirigido por Kleomar Carneiro e Vinícius Bazenga.

SOLON FERREIRA COELHO FISHBONE nascido em Caxias do Sul, 27 de setembro de 1967 , guitarrista brasileiro de blues. Iniciou na carreira em 1984 e já atuou ao lado de músicos como Eddie C.Campbell, James Wheeler, Billy Branch, John Primer, Phil Guy e Hubert Sumlin. influencias de Stevie Ray Vaughan e Freddie King,

Solon Fishbone.JPG

BIG GILSON,  bluesman brasileiro que mais atua no exterior, aonde sua carreira é desde 1995. Big é um guitarrista, cantor e compositor, Começou com o blues branco de Johnny Winter, Eric Clapton e Roy Buchanan, passando depois a conhecer velhos mestres, como: Buddy Guy, Elmore James, Albert King, Freddie King, Robert Johnson e muitos outros.Fundador da Big Allanbik, uma das pioneiras bandas de blues brasileiras.

big gilson.jpg

0f64b-blues.jpg

" Blues são fáceis de tocar, mas difíceis de interpretar..."


Geraldo

Resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas... .
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/musica// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Geraldo
Site Meter