viver à deriva e sentir que tudo está bem...

A vida é uma colcha de retalhos. Todos da mesma cor...

GCosta

Resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas...

Led Zeppelin I - 1969

Aos 17 anos, caminhando entre Avenida Ipiranga - esquina com Avenida São João - em São Paulo, chamou-me a atenção o som que surgia em uma loja de discos...era o meu primeiro contato com Led Zeppelin. O chão estremeceu, havia no mundo da música algo fantástico! Sempre será lembrada como uma banda irresistivelmente intensa, com uma pegada visceral que influenciou gerações movidas ao mais puro Rock. Led Zeppelin I mostra como um disco de uma determinada geração consegue escrever sua história pela sensibilidade musical de seus criadores.


led_zeppelin_1969__back__by_mitchbaker13-d4wf68j.jpg

O disco apresentava apenas o nome da banda como o seu título, Led Zeppelin I, como era na época. Foi lançado nos Estados Unidos em 12 de janeiro de 1969, e no Reino Unido em 28 de março do mesmo ano, devido a direitos contratuais da gravadora Atlantic Records. O slogan na época era "Led Zeppelin, a única maneira de voar". Inicialmente, recebeu críticas ruins. A revista Rolling Stone afirmou que a banda ofereceu "pouco de seu gêmeo, o Jeff Beck Group. Parece que se estão a preencher o vazio criado pelo fim do Cream, eles terão de encontrar um produtor, editor e algum material digno de seus talentos coletivos". Chamaram Plant de "um almofadinha como Rod Stewart, mas nem de longe tão excitante".

led_zeppelin_1969 1.jpg2.jpg

John Paul Jones mais tarde comentou:

" Tivemos uma terrível imprensa na época. Ninguém parecia querer nos conhecer, por uma razão ou outra. Nós viemos para a América e lemos a resenha da Rolling Stone do primeiro álbum, o que estava passando por nós era como se fosse uma outra badalada banda britânica. Não podia acreditar. Em nossa ingenuidade pensávamos que tínhamos feito um bom álbum e estávamos fazendo tudo certo, e então este veneno veio voando para fora. Não conseguia entender por que ou o que tinha feito com eles. Depois que fomos muito cautelosos com a imprensa, que tornou-se uma situação do "ovo e da galinha". Nós os evitamos e assim eles nos evitavam. Foi apenas porque fizemos um monte de shows que a nossa reputação se espalhou como uma boa banda ao vivo."

led_zeppelin1.jpg

Page disse que o álbum Led Zeppelin I levou apenas cerca de 36 horas de estúdio (durante um período de algumas semanas) para ser criado, incluindo a mixagem, acrescentando que ele só sabia disso devido ao valor cobrado na conta do estúdio. Uma das principais razões para o curto tempo de gravação era que o material escolhido para o álbum tinha sido bem ensaiado e pré-arranjado pela banda na turnê da Escandinávia em setembro de 1968.Como ele explicou, "a banda tinha começado a desenvolver os arranjos na turnê escandinava e eu sabia qual o som que eu estava procurando. Ele só apareceu com uma rapidez incrível".

led_zeppelin_1969 1.jpg2.jpg3.jpg4.jpg

Led Zeppelin não tinha assinado o seu contrato com a Atlantic Records, o guitarrista e o empresário , Peter Grant, pagaram pelas sessões inteiramente por conta própria, ou seja, não havia dinheiro da gravadora a perder com o tempo de estúdio excessivo. Em outra entrevista, Page revelou que o autofinanciamento tinha por objetivo garantir a liberdade artística: "Eu queria ter o controle artístico custe o que custasse, pois sabia exatamente o que queria fazer com esses companheiros. De fato, eu mesmo financiei e gravei o primeiro álbum antes de ir à Atlantic... Não era aquela coisa habitual de primeiro obter um financiamento para fazer um álbum, chegamos à Atlantic com as fitas na mão ... a reação da gravadora foi muito positiva , eles nos contrataram, não foi?"

led_zeppelin_1969 1.jpg2.jpg3.jpg4.jpg5.jpg

O grupo gravou suas músicas e criou a capa do disco por um custo total de 1 782. O especialista em Led Zeppelin O álbum de estreia do Led Zeppelin faturou mais de 3,5 milhões de libras Durante as gravações, Page usou uma guitarra Fender Telecaster pintada com motivos psicadélicos, que tinha sido um presente de Jeff Beck quando Page recomendou o seu amigo de infância para os Yarbirds em 1965 para substituir Eric Clapton. Esta guitarra era diferente daquelas que viria a escolher para os álbuns posteriores (sobretudo a Gibson Les Paul). O guitarrista ligou a Fender Telecaster a um amplificador Supro.Para as faixas acústicas do disco usou uma Gibson J-200, emprestada por Big Jim Sullivan. Na canção "Your Time Is Gonna Come", tocou numa guitarra Fender de dez cordas de aço desafinada.

led_zeppelin_1969 1.jpg2.jpg3.jpg4.jpg5.jpg6.jpg

Led Zeppelin I foi produzido por Jimmy Page e projetado por Glyn Johns, que já havia trabalhado com os Beatles, os Rolling Stones e o The Who. De acordo com Page, "O primeiro álbum foi realmente um álbum ao vivo, ele foi feito intencionalmente dessa forma. Ele possui overdubs, mas as faixas originais são ao vivo". Page alegou utilizar quarto ambientes naturais para aumentar a reverberação e textura de gravação do disco, demonstrando as inovações nas gravações do som que tinha aprendido durante sua época nos estúdio. Até os anos 1960, a maioria dos produtores musicais colocavam microfones na frente dos amplificadores e tambores.

ledzeppelin1.jpeg

Led Zeppelin I , Jimmy Page desenvolveu a ideia de colocar um microfone adicional a alguma distância do amplificador (tão distante quanto 6 metros), e, em seguida, gravou o equilíbrio entre os dois. Ao descobrir que esta "distância é igual a técnica de profundidade", Page se tornou um dos primeiros produtores a gravar numa banda um "som ambiente": a distância de uma nota de um lado da sala para o outro. Outra característica notável do álbum foi a "fuga" nas gravações de vocais de Plant. Em 1998, em uma entrevista para a Guitar World, Page declarou que "a voz de Robert era extremamente poderosa e, como resultado, iria ficar em algumas das outras faixas. Mas, estranhamente, o vazamento parece intencional". Na faixa "You Shook Me", o guitarrista usou a "técnica do eco revertido". Trata-se de ouvir o eco antes do som principal (em vez de depois), e é obtida rodando a fita sobre a gravação e o eco de uma faixa de reposição, em seguida, girando a fita para trás de novo para obter o eco que precede o sinal.Foi um dos primeiros discos a serem lançados somente no formato estéreo; na época, a prática de liberar tantas versões mono e estéreo era a norma.

led_zeppelin_1969 2.jpg

Musicas,músicos e técnicos envolvidos na gravação e produção de Led Zeppelin I

1. Good Times, Bad Times - 2:452. Babe I'm Gonna Leave You - 6:41 3. You Shook Me - 6:28 4. Dazed And Confused - 6:27 5. Your Time is Gonna Come - 4:346. Black Mountain Side - 4:40 7. Communication Breakdown - 4:42 8. I Can't Quit You, Baby - 3:39 9. How Many More Times - 4:50

led_zeppelin_3.jpg

Led Zeppelin

Jimmy Page – guitarra acústica, guitarra eléctrica, produtor, vocais de apoio

John Bonham – bateria

John Paul Jones – baixo, teclado, órgão, gravação

Robert Plant – voz, harmónica

AdicionalBarry Diament – masterização original do CDGeorge Hardie – capaGeorge Marino – masterização de áudioGlyn Johns – engenharia, mixagemPeter Grant – produtor executivoViram Jasani – tabla em "Black Mountain Side"

led_zeppelin_1969 1.jpg2.jpg3.jpg4.jpg5.jpg6.jpg7.jpg8.jpg9.jpg10.jpg

Led Zeppelin I o melhor disco de todos os tempos.

led_zeppelin_4.jpg


GCosta

Resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas... .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/musica// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //GCosta