viver à deriva e sentir que tudo está bem...

A vida é uma colcha de retalhos. Todos da mesma cor...

Geraldo Costa

"Em tempos de engano universal, dizer a verdade é um ato revolucionário" (George Orwell)

13 filmes sobre a ditadura no Brasil !

Ditadura é um dos regimes não democráticos ou antidemocráticos, ou seja, governos regidos por uma pessoa ou entidade política onde não há participação popular, ou em que a participação ocorre de maneira muito restrita. Na ditadura, o poder está em apenas uma instância, ao contrário do que acontece na democracia, onde o poder está em várias instâncias, como o legislativo, o executivo e o judiciário.Ditadura é uma forma de autoritarismo.


Imagen Thumbnail para torturador.jpg

Filmes

“15 Filhos” “15 filhos”, Direção:Maria Oliveira e Marta Nehring Documentário, Brasil, 1996. 18min. “Uma visão das conseqüências humanas da ditadura militar no país a partir do depoimento dos filhos de desaparecidos ou mortos pelo regime. Além dos relatos, gravados em preto-e-branco, o filme traz imagens em cor da queda do presidente chileno.

“A MESA VERMELHA” “A Mesa Vermelha”, Direção: Tuca Siqueira. Documentário, Brasil, 2012. 78 min. “A Mesa Vermelha, documentário dirigido por Tuca Siqueira, exibe depoimentos de 23 ex presos políticos no período da ditadura militar no Recife entre 1969, com a promulgação do AI 5 e 1979, com o advento da Lei da Anistia.

“AINDA EXISTEM PERSEGUIDOS POLÍTICOS” “Ainda existem perseguidos políticos”, Direção: Coletivo Catarse Documentário. Brasil, 2012. 54 min “O documentário tem por objetivo fomentar o debate sobre a ausência de uma efetiva transição democrática no Brasil, pós Ditadura Civil-Militar implantada no País a partir de 1964. Identifica semelhanças no agir do Estado no passado e atualmente.

“ARAGUAYA, CONSPIRAÇÃO DO SILÊNCIO” “Araguaya, Conspiração do Silêncio”, Direção: Ronaldo Duque. Histórico. Brasil, 2004. 1h45min. “O exército brasileiro no auge da ideologia da segurança nacional, um partido de esquerda dissidente, militantes aguerridos (a maioria deles ainda jovens e inexperientes), inocentes camponeses e uma região onde a ambição e a miséria disputavam lugar palmo.

“AS MEMÓRIAS QUE ME CONTAM” “As Memórias Que Me Contam”, Direção: Lúcia Murat. Drama. Brasil, 2013. 1h35min. “A ex-guerrilhera Ana, ícone do movimento de esquerda, é o último elo entre um grupo de amigos que resistiu à ditadura militar no Brasil. Com a iminente morte da amiga, eles se reencontram na sala de espera.

“BATISMO DE SANGUE” “BATISMO DE SANGUE”, Direção: Helvécio Ratton Drama, Brasil, 2007. 110 min. “São Paulo, fim dos anos 60. O convento dos frades dominicanos torna-se uma trincheira de resistência à ditadura militar que governa o Brasil. Movidos por ideais cristãos, os freis Tito (Caio Blat), Betto (Daniel de Oliveira), Oswaldo (Ângelo Antônio).

“BRASIL: O RELATO SOBRE UMA TORTURA” “Brasil: O Relato Sobre Uma Tortura”, Direção: Haskell Wexler e Saul Landau. Documentário. Chile, 1971. 60min. “Filmado no Chile, logo após a chegada dos 70 presos políticos brasileiros trocados pelo embaixador suíço, é um documentário com cenas fortes (há reconstituições de vários tipos de tortura).”

“CABRA MARCADO PARA MORRER” “Cabra Marcado Para Morrer”, Direção: Eduardo Coutinho. Documentário. Brasil, 1964-1984-2012. 1h59min. “Início da década de 60. Um líder camponês, João Pedro Teixeira, é assassinado por ordem dos latifundiários do Nordeste. As filmagens de sua vida, interpretada pelos próprios camponeses, foram interrompidas pelo golpe militar de 1964. Dezessete anos depois.

“CAPARAÓ” “Caparaó”, Direção: Flávio Frederico. Documentário. Brasil, 2007. 1h17min. “Após o golpe de 1964, a Guerrilha do Caparaó foi a 1ª tentativa de luta armada organizada contra a ditadura militar implementada no Brasil. O movimento foi patrocinado por Fidel Castro e organizado por Leonel Brizola, durante seu exílio no Uruguai.

“CIDADÃO BOILESEN – UM DOS EMPRESÁRIOS QUE FINANCIOU A TORTURA NO BRASIL” “Cidadão Boilesen – Um Dos Empresários Que Financiou A Tortura no Brasil”, Direção: Chaim Litewski. Documentário. Brasil, 2009. 1h30min. “Através de diversos depoimentos, o documentário revela as ligações de Henning Albert Boilesen (1916-1971), presidente do famoso grupo Ultra, da Ultragaz, com a ditadura militar. Seu apoio, assim como de muitos.

“CORPO EM DELITO” “O Corpo Em Delito”, Direção: Nuno César Abreu. Drama. Brasil, 1989. 1h30min. “Durante a Ditadura Militar, o frio médico legista Dr. Athos Moreira Brasil trabalhou para o governo autoritário, falsificando laudos para esconder as vitimas da repressão do regime. Ele se apaixona por Tana Divino, uma sensual e ambiciosa mulher.

“DAMAS DA LIBERDADE” “Damas da liberdade”, Direção: Célia Gurgel e Joe Pimentel. Documentário. Brasil, 2012, 28 min “Através de narrativas de mulheres do Movimento Feminino pela Anistia e do Comitê Brasileiro pela Anistia é contada a história da luta pela anistia no Brasil nos anos de 1970, reacendendo o debate sobre um período.

“DUAS HISTÓRIAS” “Duas histórias”, Direção: Ângela Zoé Documentário. Brasil, 2012. 52 min “Tendo como linha condutora a trajetória de dois militares.

Site Referencia

http://cinemaeditadura.com.br

Blog integra a Linha de Pesquisa “Cinema e Ditadura em Plataforma Virtual”, vinculada ao Grupo de Pesquisa certificado no CNPq, com o título “Memória, Subjetividade e Ditadura”, liderado pela Profª Dra. Joana D`Arc Fernandes Ferraz, Professora Associada do Departamento de Sociologia e Metodologia das Ciências Sociais da Universidade Federal Fluminense (UFF). Pós-Doutora em Memória Social (PPGMS/UNIRIO); Doutora em Ciências Sociais (PPCIS/UERJ); Mestre em Ciência Política (PPGCP/UFF); Graduada em História (UERJ).


Geraldo Costa

"Em tempos de engano universal, dizer a verdade é um ato revolucionário" (George Orwell) .
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Geraldo Costa