viver à deriva e sentir que tudo está bem...

A vida é uma colcha de retalhos. Todos da mesma cor...

Geraldo Costa

"Em tempos de engano universal, dizer a verdade é um ato revolucionário" (George Orwell)

Herbert Vianna em Ê Batumaré

Ê Batumaré é o primeiro álbum solo de Herbert Vianna lançado no ano de 1992 pela EMI, com qualidade arrojada e sensibilidade plena, na música Qualquer Palavra Serve, é possível ouvir um trecho da música Asa Branca de Luiz Gonzaga, assim também como Mobral que tem a citação de Admirável Gado Novo de Zé Ramalho.


H Vianna.jpg 1.jpg

Gravado em uma garagem sem tratamento acústico e num equipamento semi profissional (como está escrito no próprio encarte), o álbum tem como influência a música nordestina, servindo até como molde para o álbum seguinte dos Paralamas do Sucesso em 1994. Comercialmente, foi recebido com frieza e sendo considerado também como experimental. Contém sucessos como Lição de Astronomia e O Rio Severino.

Impressão é a única música dos Paralamas que foi regravada, ganhando uma versão bem diferente da original do álbum Bora-Bora

Em 1982, o vocalista / guitarrista brasileiro Herbert Vianna se juntou ao baixista Bi Ribeiro e ao baterista Vital Dias, mais tarde substituído por Joâo Barone para montar uma banda de rock chamada Os Paralamas Do Sucesso aka Paralamas. Sua carreira solo começou em 1992, com o lançamento de E Batumare, seguido por Santorini Blues, de 1997, gravado em Los Angeles, Califórnia, e O Som Do Sim, de 2000, com contribuições de Cássia Eller, Sandra de Sá e Marcos Valle. Além disso, Herbert Vianna produziu discos do conjunto punk brasileiro Plebe Rude.

H Vianna.jpg

Em setembro de 2002, seu álbum El Largo Camino marcou seu retorno à cena pop brasileira.


Geraldo Costa

"Em tempos de engano universal, dizer a verdade é um ato revolucionário" (George Orwell) .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/musica// //Geraldo Costa