viver à deriva e sentir que tudo está bem...

A vida é uma colcha de retalhos. Todos da mesma cor...

Geraldo Costa

"Em tempos de engano universal, dizer a verdade é um ato revolucionário" (George Orwell)

Racionais Mc's - Sobrevivendo No Inferno

Sobrevivendo no Inferno é um divisor de águas na música brasileira. Desde o lançamento, em 1997, a obra prima do Racionais MC's acumulou relevância e novas interpretações. Chegou a hora de entender tudo aquilo que torna esse disco único.


Racionais.jpg 0.jpg

Os Racionais MC's são um dos mais importantes grupos brasileiros de rap e hip hop. Profundamente envolvido em um movimento de conscientização da população negra marginalizada nos bairros populares das grandes cidades, o grupo tem criticado a imprensa e o mercado fonográfico (eles recusam convites por grandes redes) como sendo parte do sistema capitalista que eles combatem porque na opinião deles, promove o tráfico de drogas, a miséria e a violência. Suas letras agressivas e seus personagens tentam despertar a população de seu estado, como descrito por eles, humilhação.

O grupo foi formado em 1990 em São Paulo, atraindo atenção para seu primeiro trabalho de gravação: as músicas "Pânico na Zona Sul" e "Tempos Difíceis", incluídas na coletânea Consciência Black (Zimbábue). Seu primeiro LP, Holocausto Urbano (Zimbábue, 1992), vendeu 50.000 cópias. Depois de muitos shows durante os anos de 1990 e 1991 (quando abriram para o Public Enemy no Estádio do Ibirapuera), os Racionais começaram a desenvolver trabalhos comunitários fazendo palestras em escolas sobre drogas, violência policial (um dos temas preferidos) e racismo.

"Voz Ativa" e "Negro Limitado", de seu segundo LP (1992), rendeu-lhes maior popularidade e eles foram a principal atração no concerto de rap que ocorreu no final de 1992 no Vale do Anhangabaú (São Paulo). O CD Raio X do Brasil foi um passo decisivo para o sucesso, com Mano Brown ganhando o Prêmio Sharp com sua música "Homem na Estrada". No final de 1994, porém, outro show no Vale do Anhangabaú terminou em tumulto quando os membros do grupo foram presos pela polícia sob a acusação de incitação à violência.

A confusão atrasou o lançamento de seu terceiro álbum e os levou a deixar sua gravadora e criar sua própria gravadora, a Cosa Nostra. Eles acabaram lançando Sobrevivendo no Inferno através dele, o álbum representando a concretização de seu sucesso em larga escala: 500.000 cópias vendidas. Com os videoclipes "Diário de um Detento".

Racionais.jpg 00.jpg

Racionais MC's é um grande combinando de uma postura de ativista comunitário com condenações à brutalidade policial e uma desconfiança permanente dos meios de comunicação e dos poderes da indústria da música. Sobrevivendo No Inferno (aproximadamente "Surviving Hell") foi o disco inovador do grupo no Brasil, e poderia ser a trilha sonora do hip-hop para o mundo. As histórias da vida na favela são o ponto focal. A música do Racionais MC'é minimalista um estilo de vida para indivíduos que buscam o mínimo possível de meios e recursos para viver.

Racionais.jpg


Geraldo Costa

"Em tempos de engano universal, dizer a verdade é um ato revolucionário" (George Orwell) .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/musica// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Geraldo Costa