Vivi Becker

Acredita que o melhor está nas pequenas coisas e que viver sem paixão não é viver, é sobreviver.

A Liberdade de ser sua própria melhor amiga

Hoje, te apresento tua nova melhor amiga.


liberdade.JPG

Desde que nascemos somos doutrinadas a acreditar que alegria é uma sala cheia de barulho e gente, que estar rodeadas de pessoas é o melhor remédio para qualquer situação.

Fomos ensinadas de que pessoas boas, são as pessoas que tem muitos amigos. Que só é importante quem se rodeia de contatos.

A quantidade é mais importante do que a qualidade, do que a profundidade, do que a intimidade.

Nos rodeamos de pessoas que muitas vezes acabam não somando em nossas vidas, pelo simples motivo de que temos que ter amigos, de que temos que ter pessoas que validem nossas decisões, escolhas, opiniões.

Não é por falta de personalidade, é simplesmente, por que nos ensinaram de que se não tivermos pessoas na vida real e virtual, batendo palmas para nossas atitudes, tudo que fazemos não importa realmente.

E nesse furor de sonoridades, quem nunca se pegou olhando aquela pessoa sozinha no café e sentiu pena da solidão, pois percebeu temer estar no lugar do outro.

É temeroso devido nos focarmos somente no julgamento alheio. O que iriam pensar em tu ir sozinha a um cinema, a um bar, a uma praça, contemplar a beleza ao teu redor, em silêncio? Contemplar a tua mente a fervilhar de ideias e paz interior, que imoralidade, imagina, ser feliz dessa forma.

Ter que se encarar sozinha, enquanto tanto tempo te ensinaram que todas as tuas mazelas seriam curadas pelo outro. Pelo carinho, afeto, atenção, do outro.

Mas que grata surpresa, descobrir que o que realmente precisamos aprender é ser essa pessoa sozinha no café.

Aprender a ser tua própria ouvinte, teu próprio ombro amigo, teu próprio braço direito.

Então vem comigo, por que vamos fazer um trato.

A partir de hoje, tu vais te chamar para dançar, nem que seja no quarto, na frente do espelho. Vai te chamar para um encontro naquele restaurante com comida diferente que tu não conhece mais ninguém que gostaria de ir lá a não ser tu mesma, vai comprar um ingresso para ver aquele filme que tu tanto estava com vontade, mas não tinha ninguém para ir contigo.

Vai te chamar para aquela palestra tão interessante que tu tem vergonha de ir sozinha. Vai se convidar para ir no museu e ficar horas contemplando o mesmo quadro, que em meio a tantas cores, te faz lembrar de vidas que ainda não viveu.

Tu vai para o parque e vai ficar horas deitada na grama, olhando os passarinhos cortando o céu e criando figuras imaginárias nas nuvens.

Vai pegar aquele teu livro predileto e ler no café que acabou de ser inaugurado, o qual na tua rotina antiga, tu iria meses depois de aberto, quando todas as pessoas que conheces já tivessem ido e contado que experiência tiveram lá.

Tu vai dar finalmente um basta ao estereótipo de pessoa sozinha, e vai ser tua própria companheira. Vai se tirar para sair, vai se tirar para ser tua namorada, vai se tirar para ser tua própria motivadora e maior fã. Por que, qual a maior validação que tu está esperando, que não a tua própria?

Chega de esperar ter novas amizades para realizar as coisas que tem vontade de fazer, tu já tens o principal amigo aí dentro de ti.

Estou te dando o maior presente dessa vida: a capacidade de amar tua própria companhia.

E tu vai fazer dessa companhia a melhor de todas, a tua nova melhor amiga.


Vivi Becker

Acredita que o melhor está nas pequenas coisas e que viver sem paixão não é viver, é sobreviver. .
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/recortes// //Vivi Becker